sexta-feira, julho 21, 2006

Photograph


Her name was written on a photograph,
right next to her red, sunburnt face,
it all had happened in that long tall grass,
about a mile from her old place,
and I can't remember how it started and if it lasted that day in the sun.

It's just another story caught up in another photograph I found.
and it seems like another person lived that life a great many years ago from now,

When I look back on my ordinary, ordinary life,
I see so much magic, though I missed it at the time.
when I look back on my ordinary ordinary, ordinary life,
I see so much magic, though I missed it at the time

Clique na imagem do Jamie Cullum para ouvir esta musica

quinta-feira, junho 01, 2006

Vendo-te dormir....




Conta-me histórias de tempos
A que eu gostaria de voltar
Tenho saudades de momentos
Que nunca mais vou encontrar
A vida talvez sejam só 3 dias
Eu quero andar sempre devagar
Até a ti chegar

Ninguém é de ninguém
Mesmo quando se ama alguém
Ninguém é de ninguém
Quando a vida nos contém
Ninguém é de ninguém
Quando dormes a meu lado
Ninguém é de ninguém
Quando fico acordado vendo-te dormir

quinta-feira, janeiro 26, 2006

(Re)Começo


Cada vez que yo me voy,
llevo a un lado de mi piel,
Tus fotografias para verlas cada vez,
que tu ausencia me debora entero el corazon
Y yo no tengo remedio mas
Que amarte

Y en la distancia
Te puedo ver,
Cuando tus fotos
me siento a ver,
En las estrellas,
Tu ojos ver
Quando tus fotos me siento a ver.

Cada vez que te busco te vas,
Cada vez que te llamo no estas,
Es por eso que debo decir
Que tu solo en mis fotos estas...

Às vezes precisas de recomeçar a vida.
Mesmo que não percebas Porquê.
"Vamos Sonhar?"

quarta-feira, agosto 17, 2005

Céu


"E hoje deixei
de tentar erguer

os planos de sempre.

Aqueles que são

pra outro amanhã

que há-de ser diferente.

Não quero levar o que dei
talvez nem sequer o que é meu

É que hoje parece bastar
Um pouco de céu...
Um pouco de céu..."
(Mafalda Veiga)

Refugia-te onde ninguém te incomode.